Oi, sumida?!

de vez em quando, tenho vontade de escrever nada muito sério ou o novo grande romance americano. só escrever mesmo. tem tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo agora que chego a ficar agoniada por não ser polvo e por ser tão desgraçadamente procrastinadora, mas as good as it gets.

pego-me querendo fazer várias coisas e acabo não fazendo nem uma delas. é triste. dia vem, noite vai e eu leio. às vezes, choro no chuveiro (a cara fica menos inchada), tomo mais café do que o recomendável e ferro ainda mais meu estômago, que agora começou a doer. os diagnósticos ficam empilhados em um canto da estante. eles me encaram e finjo que são velhos amigos esperando que lhes retorne a ligação, mas nunca telefono para ninguém.

os remédios mudaram. tentei fazer coisas de gente adulta. falhei miseravelmente.

a mesma chata de sempre.

Anúncios