“I have measured my life in coffee spoons”

For I have known them all already, know them all:
Have known the evenings, mornings, afternoons,
I have measured out my life with coffee spoons;
I know the voices dying with a dying fall
Beneath the music from a farther room.
               So how should I presume?*

(The Love Song of J. Alfred Prufrock)

Amei três pessoas em minha vida. De verdade mesmo, no maior estilo “amor eterno, amor verdadeiro”. E ainda amo essas três pessoas.

Uma delas foi minha namorada, por brevíssimos meses, durante horas conturbadas e dias passados entre poemas, vodca barata e ganache de chocolate. Ela me apresentou T.S. Eliot, que eu não conhecia, e leu comigo o poema da citação. E ele passou a ser meu segundo poema preferido da vida.

E tem esse verso dentro desse poema inteiro que resume toda a minha vida:

“I have measured my life in coffee spoons”

Quer coisa mais cotidiana do que uma colher de café? Se você toma café, como eu tomo, está acostumado as quantas colheres de café coloca no seu. Sabe de cor a receita infalível e nunca, nunca muda, pois veja só, é in-fa-lí-vel.

Pois daí que uma pessoa tem medido sua vida em colheres de café. Que são sempre a mesma medida. Que é sempre a mesma coisa. Uma pessoa assim nunca, nunca pensa no imprevisível, reluta com a mudança e, embora saiba que há outras grandezas, desconfie que sua vida poderia ser muito maior do que é, ainda assim prefere, de bom grado, vivê-la um bocadinho só. E que caiba na colher de café de todos os dias.

Tenho medido minha vida com colheres de café. Procuro conhecê-la por todos os vieses. A minha única luta é contra a mudança. A ansiedade, o pânico e a depressão são os outros ingredientes do meu café.

Diante do desconhecido, como eu me atreveria?

* Por já ter conhecido todas elas, conhecido todas:/Conhecido as noites, manhãs e tardes/Tenho medido minha vida com colheres de café/Conheço as vozes moribundas como o outono que se vai/Em meio a música de um quarto distante/Então, como me atreveria? – Tradução própria

 

 

 

 

 

Anúncios

Autor: veronyx

"I am not a smile." - SP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s